Esqueci minha senha?

Notícias

Ver lista completa

O Cristo da Cruz

  • Compartilhar:
 
   Muitos se perguntam acerca da tradição católica que insiste em manter as imagens do crucificado na cruz. Mas se ele ressuscitou qual o fundamento de tal representação?
 
   Mantém-se o Cristo da Cruz, crendo com vivacidade na sua ressurreição. Mantém-se o Cristo na cruz diante de tantos sofredores e sofredoras que são sufocados pelas injustiças sociais. Mantém-se o Cristo na cruz como insistência de ressurreição diante daqueles que estão sendo ceifados lentamente pelo uso desregrado de álcool e drogas. Mantém-se o Cristo na Cruz porque o povo ainda sofre com a corrupção e a ganância, sofre com as enchentes que levam seus bens materiais e insiste em por a prova as esperanças. Mantém-se o Cristo na Cruz porque ainda há muitas pessoas passando fome, sem ter onde morar, sem atendimento médico agilizado e humanizado
 
   A pergunta certa seria: até quando manteremos esse imenso quadro de crucificação de jovens, crianças, homens e mulheres? 
 
   O Cristo crucificado é a expressão mais viva e atual do cenário social, político e econômico do nosso país. 
 
   O Cristo estará na Cruz o tempo que for necessário para alertar a humanidade sobre a necessidade de buscar ressurreição, vida nova e digna, pautada pelo direito e pela justiça.
 
    Afinal, a cruz não é o fim, mas o meio para se alcançar a verdadeira vida.
 
Leandro Johansen

Acesse de um dispositivo móvel:

São Paulo da Cruz
Delta Tech - Gerenciamento de Conteúdo